Repositório Digital Tatu será lançado oficialmente durante o 24º Encontro da ASPHE

O Repositório Digital Tatu, iniciativa pioneira na preservação e compartilhamento de fontes documentais relacionadas à história da educação, será lançando durante o 24º Encontro de Pesquisadores da Associação Sul-Rio-Grandense em História da Educação (ASPHE), na quinta-feira, dia 25 de outubro. A iniciativa tem como objetivo apresentar o projeto a pesquisadores interessados na temática e que estarão participando do evento, reconhecido como um dos mais expressivos da área no sul do Brasil.
O coordenador do projeto, que faz parte das iniciativas do Grupo de Estudos em Educação, História e Narrativas (GEEHN), professor Alessandro Bica, conta que os alunos bolsistas de iniciação científica, das licenciaturas e do Mestrado Acadêmico em Ensino da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), campus Bagé, envolvidos no trabalho, serão responsáveis pela demonstração aos interessados no funcionamento do repositório, suas funcionalidades e potencialidades e, ainda, na distribuição do material de divulgação e possibilitar acesso ao site.
“Queremos que as pessoas conheçam e utilizem o acervo do Repositório Digital Tatu em suas pesquisas e, não poderíamos escolher um momento mais adequado para o lançamento oficial do que a ASPHE”, destaca Bica.
Além do lançamento do repositório, quatro artigos científicos de integrantes do GEEHN serão apresentados durante o 24º encontro da ASPHE. São eles: “Os processos de sumarização da Revista do Ensino como perspectiva de pesquisa em história da educação” de autoria de Amanda Lemos Cougo, Pâmela Soares Jardim e Alessandro Carvalho Bica; “As décadas de 1970 e 1980: os olhares presentes no jornal Correio do Sul sobre as greves do CPERS” de autoria de Pâmela Soares Jardim, Amanda Lemos Cougo e Diênifer Alves Ramos da Rosa; “O ensino profissionalizante na Revista do Ensino do Rio Grande do Sul em 1972” de autoria de Simôni Costa Monteiro Gervasio e Daren Chaves Severo dos Santos, todos com previsão de apresentação para quinta-feira à tarde; e, ainda, “Do papel ao digital: a experiência do trabalho com acervos por meio do Repositório Digital Tatu” de autoria de Simôni Costa Monteiro Gervasio, Tobias de Medeiros Rodrigues e Alessandro Carvalho Bica com previsão de apresentação na sexta-feira de manhã.

Publicado em 22/10/2018, em Notícias.